Ser feliz é BDSM? viver é BDSM?

Em geral não me expresso sobre questões tão íntimas, mas acho que pode acabar servindo de exemplo para alguém, ou de apoio ao menos… afinal; quando eu tinha ou tenho minhas dúvidas, era bem difícil e continua sendo, achar pessoas imparciais, que digam o que pensam e sentem, sem pedir algo em troca.

Trata-se de uma situação real minha, e que com certeza acontece com muitos que passam por aqui.

Dominadores sentem, choram, riem, querem, pedem, desejam, sonham, torcem, amam, odeiam, se arrependem, aprendem, são irresponsáveis de vez em quando, são imaturos e às vezes se acham… Ok, chega de expor os dominadores rsrs Vejo perguntarem se estamos sempre no comando… a resposta é SIM! mesmo que não saibamos o que fazer… e se um dominador lhe disser que sabe, ah! desconfie… ninguém sabe tudo.

Gosto de pessoas, gosto de mostrar que dominadores são normais, pensam, choram, ficam tristes, alguns perdem o controle… alguns até se desesperam com isso… mas o fato é que somos pessoas normais, iguais aos baunilhas, o que nos diferencia é o fato de declararmos algumas vontades, posições ou pensamentos nossos.

Sempre há quem faça-nos pensar, ou achar tudo mais colorido… é… dominadores também buscam felicidade e não há fórmula para isso… VIVER é a melhor forma. Ver as coisas com paixão, ok… talvez muitos dominadores prefiram se esconder atrás de imagens de senhores sádicos… o qual não é meu papel… eu sou dominador, não sádico, até tenho traços de sadismo, mas não é o que me dá prazer.

Experimentar o que as pessoas têm, isso me dá prazer. Entender ou não! isso é bom… mesmo que não tenhamos respostas, muitas vezes temos com o que nos ocupar.

Em suma, viver é a melhor coisa.

OK, tô escrevendo à toa? talvez não… talvez o que escrevo hoje exprima exatamente como estou, quem sou e o que sinto agora.

Quero viver, sem precisar dar nomes às coisas, sem precisar classificar o que sinto ou faço. Meu convite é simples: viva!

Poucas coisas me fazem sentir-me vivo, poucas pessoas também… mas eu estou vivo. Estou sim.

Boa sexta a vocês, a minha começou inspirada.

foto artistica cena bdsm

Draconiano.

6 Comments

  1. mykaa says:

    além de gostar do texto,admirei a humildade do Dom,em se colocar como pessoa falha.Existe um vã ilusão de sub acharem que dom são seres superiores,ou até mesmo dom que se posiciona assim.oque é uma pena,pois muitos erros seriam evitados.

    • DOM Draconiano says:

      Olá mykaa, obrigado pelo comentário, o feedback é importante.

  2. Guinevere submissive says:

    Essa frase diz exatamente no momento que vivo: “quando eu tinha ou tenho minhas dúvidas, era bem difícil e continua sendo, achar pessoas imparciais, que digam o que pensam e sentem, sem pedir algo em troca”…

  3. Ana says:

    Realmente vc disse uma grande verdade, infelizmente (o “infelizmente” se refere ao fato de ser verdade).
    É muito difícil conseguir informações com as pessoas, a grande maioria sempre quer algo em troca… (Tosco) :/

  4. Adriana says:

    gosto muito de suas colocações sobre os assuntos…parabéns.

  5. Soonm says:

    Parabens, foi esclarecedor e profundo!
    Gostei que Dominadores, ou viver BDSM antes de tudo sao seres humanos, e passiveis de sentimentos e de erros; Obrigada

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *