filme a Historia de O disponível novamente

O YouTube excluiu o primeiro vídeo que havia lá, mas para acabar com a novela eu assinei o Vimeo e posso subir meus filmes completos, então já está disponível novamente um dos filmes que considero ícone no BDSM. O livro é com certeza melhor, mas o filme é muito bom também!

Assista aqui: https://www.dominador.org/historia-de-o-historie-do-filme-completo-com-legenda-em-portugues/

One Comment

  1. marianne_Mikkael says:

    Concordo que o livro é infinitamente melhor. Quem só assistir ao filme perderá várias passagens fortes, que são suprimidas ou apenas sugeridas na tela. Me lembro de ter ficado de orelha em pé com a cena em que “O” vai se depilar e sofre uma discriminação devido ao estranhamento da moça do salão que a atende. Também é bastante excitante o clima de expectativa de quando o Sir Stephen a leva para ser marcada com suas iniciais, desde o momento em que ela concorda sem saber quais os métodos serão usados, até o momento em que isso é revelado para ela. No filme, no entanto, não são cenas fortes, pois optaram por dar mais ênfase às reações das submissas que mantinham relações com a Dona da escola. Outro momento bem distinto entre as duas versões é o início da história, quando o amante a leva para a Rossy: no livro há um jogo de esconde e mostra que considero bastante excitante, porque não explica logo de cara ao leitor que a personagem está ali de livre e espontânea vontade. Muitas discrições do romance são excitantes e demoradas, conseguindo jogar com nossa ansiedade e imaginação, enquanto que no filme não me pareceu funcionar nenhuma cena de suspense ou de tirar o fôlego, parece que optaram por uma condução linear e light da história. A atriz principal é muito linda e o Sir Stephen é bem mais acessível e menos assustador do que no romance, sendo talvez essa a maior qualidade do filme, a meu ver: tornar o conteúdo leve e os personagens envolvidos mais reais, de carne e osso.
    Agradeço à generosidade de Dom Draconiano em disponibilizar o filme – por incrível que pareça, li o livro duas vezes, mas nunca encontrei o filme antes para locar.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *