Glossário BDSM

Vou procurar reunir aqui gradualmente algumas questões que sempre vejo como dúvida quando converso com alguém. Principalmente questões básicas mesmo, para iniciantes, mas também há alguns termos que os praticantes mais experientes também podem ter dúvida.

Sem intenção de ditar qualquer definição, essa é só uma lista de opiniões minhas a respeito dos termos comuns no universo BDSM.

Basta clicar no termo para ler a definição.

24/7

Trata-se do relacionamento em tempo integral, com as características do BDSM. 24 horas, 7 dias por semana. A figura do dominador e da submissa em qualquer momento que se estejam presentes. Não apenas em sessões.

Ballgag

Ballgag é um dispositivo feito de silicone, couro, plástico ou mesmo de outros materiais improvisados, como pedaços de cano, ou uma espiga de milho, que amarrados na nuca da submissa, cobre a boca dela de forma a impedir a fala.  A forma mais comum é de uma bola de borracha ou silicone, presa por tiras de couro ou tecido que afivelam atrás da cabeça ou atrás e acima da cabeça. Definição de ballgag Definição de ballgag 

Baunilha

Definição para pessoas que não estão inseridas na cena BDSM. Não praticam ou desconhecem.

BBW

Fetiche por mulheres gordas, bonitas e sexy/sensuais. É muito comum ver esse termo relacionado ao BDSM, mas não é um “fetiche” exclusivamente BDSM nem vejo vínculo real a ele. Existe inclusive uma indústria especializada neste fetiche, com vídeos, fotos, sites especializados.

Blind Date

Basicamente seria um encontro às cegas, onde a parte submissa estaria vendada ou no escuro, sem conhecer a parte dominadora. Esta é uma prática que aprecio muito e que você pode ler mais a respeito em breve, pois vou escrever um artigo especificamente sobre essa prática.

Chuva de Prata

Termo usual para banho de esperma, mas já vi pessoas definindo a prática com velas como chuva de prata.

Dungeon

Local preparado/equipado para sessões BDSM. Normalmente com ambientação de porões, correntes, móveis, ganchos nas paredes, chão e teto. Acessórios que propiciam a atmosfera das práticas.

Liturgia

A palavra tem origem no grego leitourgos, palavra que servia para descrever alguém que fazia serviço público ou liderava uma cerimônia sagrada. Trata-se do proceder de cada um, do modo de se executar algo. Simplesmente: do processo. Descrever a liturgia diária por exemplo na vida de alguém, seria mais ou menos assim: 1-Pela manhã, ao levantar-se da cama, fulano vai ao banheiro e escova os dentes, 2-Após a higiene, vai à cozinha e faz um café, enquanto lê o seu jornal; 3-Veste-se e pega a sua condução ao trabalho; 4-etc… etc… etc…

É! assim mesmo, simplesmente o processo de fazer algo.

Portanto, no BDSM não há uma liturgia, como um manual a seguir… há a liturgia de cada dominador, cada um tem o seu proceder. Simples assim.

Acho que a melhor definição que já li é que a liturgia no BDSM é o conjunto de formalidades, práticas e regras que compõe os rituais sociais de hierarquia, para criar a atmosfera adequada às sessões BDSM.

E em geral, são atmosferas solenes.

Sessão

É o tempo em que se está imerso nas práticas BDSM. Enquanto estiver acontecendo as práticas. Principalmente para relações onde não há o 24/7, a parte submissa tem como demarcação para o seu comportamento estritamente submisso a sessão. Dentro dela não há variantes, se está na sessão, há imediatamente a relação dominação/submissão ou sádico/masoquista.

Spanking

O spanking está mais ligado ao sadomasoquismo (SM) ou a práticas de castigo. Ele pode ser feito com as mãos, usando palmadas, com palmatórias, colheres de pau, varas (cane), chinelos, chibatas, chicotes ou qualquer instrumento ou meio de causar dor batendo na parte submissa ou masoquista, mais apropriadament e neste caso. Os masoquistas têm prazer ao ser espancados, os submissos sentem-se castigados com isso. Se você é submissa e tem prazer com o spanking, você tem traços, mesmo que leves, de masoquismo.

É importante frisar que não trata-se de pancadaria gratuita, pois ele depende de ingredientes relacionados ao prazer, em geral das duas partes envolvidas.

Alguns fetiches estão relacionados ao spanking como surras de ladrões, policiais, personificação dos pais, ou outra figura autoritária que cause humilhação com o ato. Há diversos níveis de spanking e inclusive com mais intensidade, chegando a sangrar aparte espancada, em geral as nádegas.

Você pode ver fotos relacionadas ao spanking na galeria de spanking.

Spanking BDSM

spanking com cane BDSM