Fragmentos dos meus devaneios: Sobre empréstimo

Sobre empréstimo no BDSM

O empréstimo de escravas não é muito comum no BDSM, apesar de afirmarem o contrário

Digo isso porque algumas pessoas afirmam que são liberais e que fazem o empréstimo das suas subs, ou bottoms, na minha opinião, com o intuito de não estabelecer vínculos mais fortes e gerar afeto na relação com o bottom.

Que fique claro que não estou falando de menage*, isso é outro assunto.

emprestimo-de-escrava

Empréstimo é algo que é feito com escravas especificamente, subs (requer envolvimento maior, algo afetivo), em geral não são emprestadas, elas podem ter contato com baunilhas (para os doms liberais, como eu), mas não terão contato/sessões com tops. Pois dom é único… Só ele domina. Eventualmente dominadores levam suas subs para experiências com bondagistas (fetichistas), ou sádicos (quando o dom não oferece a experiência que o sádico propõe, como uma técnica específica com agulhas por exemplo), mas pela lógica do empréstimo, em geral é só o sádico mesmo que faz isso…

Para ter humilhação, algo como o public disgrace, degradação, esse tipo de coisa, como elemento principal. Quando um dom faz empréstimo da sua sub (na minha opinião, pois isso não é generalizado), ele tem envolvimento superficial com ela. Aí ela seria uma “avulsa”, por conta das sessões esporádicas e sem qualquer compromisso das partes, nem da sub.

Vantagem do empréstimo: Se as partes envolvidas procuram experiências em quantidade, essa é uma boa forma de conseguí-las.

Desvantagem: relações superficiais e limitadas, sem entendimento real e seguro dos limites do bottom, o que significa risco a TODOS os envolvidos. Além de confundir a linha conceitual de dominação de cada top. Pois a sub seria conduzida de formas diferentes simultaneamente. Isso é quase garantido: Prejuízo psíquico do bottom (se houver uma relação D/s de verdade, e não for avulsa).

Eu sempre fico pensando sobre coisas e Às vezes escrevo algo, que vez ou outra consigo um tempinho para vir compartilhar. Seria interessante que houvesse comentários, com opiniões divergentes e à favor, porque acredito que só assim podemos abrir a cabeça para novas ideias e pontos de vista, que tal participar?

12 Comments

  1. Simone says:

    Boa noite DOM DRACONIANO!
    Excelente o seu blog..Parabéns!
    A questão do “empréstimo” à mim me causa um imenso desconforto..
    Relação D/s precisa ser consolidada em pilares…confiança, segurança, amor e muito respeito.
    Enfim.. o fato é que se há uma entrega de corpo, alma e mente….O DOM não sentirá necessidade de fazer um “empréstimo” do seu bem mais precioso…A qual o próprio lapidou…

    Abraço!

    • DOM Draconiano says:

      Boa tarde Simone!
      Obrigado pela participação.
      É exatamente sobre esse ponto que precisa-se pensar sobre o empréstimo… A necessidade.
      O empréstimo não é uma necessidade, e a posse significa exatamente que o dono pode fazer o que bem quiser com ela, mesmo que não tenha “lógica” no desejo dele de ver outra pessoa usando seu bem, vai um pouco além de entrega, e também de desprezo. Mas é uma questão que gera debates imensos e intermináveis. O bom é que sempre podemos encontrar alguém que concorde conosco, ou que nos traga uma abordagem tão clara, que faz com que mudemos de ideia a respeito de algo que antes tínhamos certeza.

      Saudações.

  2. Paula do dom Jorge says:

    Saudações Senhor.
    Gostaria de partilhar a minha historia com vcs, li seus post e gostei da forma inteligente e apaixonada.
    Conheci o bdsm ha pouco mais de dois anos. Pouco tempo depois conheci meu DONO no chat da uol, como o Senhor, conheci minha alma gemea, nao era um encontro de pessoas, acredito deveras que era sim , um reencontro de almas.
    Desde o primeiro intante que tc commeu DONO eu sabia que tinha encontrado o SENHOR a quem desejava servir.
    Em uma semana de conversa, lomgas e deliciosas conversas, meu DONO me enviou um presente pelo correio, a aliança do DOM para com sua Submissa, a coleira.
    Deveras nenhuma jóia ja recebida por mim teve maior valor do que a coleira do meu DONO, nossa relaçao foi consolidada quase um ano depois qdo eu fui até onde meu DONO mora, em Portugal, ha dois anos vivo nossa historia e a cada dia tenho pra mim que nao ha DONO tao sublime como o meu.
    Por morarmos tao longe, e por um periodo de 2 a 3 anos, eu nso tenho condições de largar tudo aqui e ir pra junto do meu DONO, ele desejou que eu vivesse o emprestimo, acha injusto que eu abra mao de viver isso, com a intensidade que julga em mim.
    A busca nao tem sido facil. Porque meu DONO quer alguém que compartilhe da mesma visao que Ele possui.
    Concordo que o empesstimo pode sim afetar o bottom, quando esse nao tem noçao do que deseja, é necessario um jogo aberto e sincero enrre todos os envolvidos na historia.
    O dominador que empresta sua submissa, por vezes penso assim como vejo na nossa historia, ele tem prazer no prazer do seu bottom e nao pode ser tao presente na vida dela como deseja. O bdsm é um jogo, em que os individuos vivem os seus papeis conforme sentem prazer, numa D/s a lealdade deve ser ao meu ver um dos principais sentimentos envolvidos. Sou leal ao meu DONO pq sinto prazer em ser pra Ele o que lhe deixa pleno e feliz, viveria qualquer um de seus desejos, pelo prazer de o obedecer, porque muito mais tenho recebido do meu SENHOR a cada novo amanhecer.
    O emprestimo, desde que seja com um dom que tenha a mesma linha de pensamento, que viva isso para agregar e pelo prazer de ambos os envolvidos na historia, é só uma fonte de prazer, como todas as demais nessa busca vivida a cada dia numa D/s.
    Saudaçoes Senhor.

    • DOM Draconiano says:

      Olá Paula, obrigado por seu testemunho, é importante que outras pessoas tenham parâmetros de como são as relações no bdsm. Para acabarmos com a imagem de que tudo é parecido com um filme erótico.

  3. Sakura says:

    Adorei seu blog, tem algum tempo que venho pesquisando sobre o assunto e aqui estou esclarecendo muitas dúvidas. Nas minhas relações, eu gosto de me submeter e a maioria dos homens não entendem, não sabem conduzir pra me completar como mulher. Com esse blog estou aprendendo sobre meus próprios gostos. Acreditava que um dia ia aparecer um dominador na minha vida, nem sabia que tinha lugares onde eu pudesse dizer que quero ser submissa. Na verdade eu tinha até vergonha de assumir isso.
    Parabéns pelo blog!

    • DOM Draconiano says:

      Que bom, desfrute!

  4. {F} says:

    Não me imagino e nem gostaria de imaginar ( e nem vejo meu DOM) sendo emprestada, na própria História d O, que o sr citou, isso causa uma série de conflitos. Gosto da relação de confiança, conhecimento e cuidado que Ele tem comigo e isso nos faz crescer enquanto sub e DOM, mas se algum dia, for este o desejo dele, o cumprirei e O deixarei orgulhoso.

    • DOM Draconiano says:

      Este é o cerne da coisa! Ele escolher, e você ficar feliz em servir.

  5. ALLEGRASW says:

    me sentiria honrada em ser compartilhada por meu Dono tenho certeza q eu não o decepcionaria, mostrando o qt fui bem treinada. mas fica claro que só faria por ele para servir ao meu Dono.

    • DOM Draconiano says:

      Olá ALLEGRASW, obrigado por seu comentário, é ótimo termos outros pontos de vista por aqui.

      Sim, ao melhor estilo Historie d’O, o empréstimo sempre teria o formato que você citou. A não ser que não seja um empréstimo.

  6. amada_DOM KLAUDIOS says:

    Eu acho tudo muito subjetivo, digo tudo varia muito de uma pessoa para outra. Então, vou falar por mim. Eu sou uma iniciante, não sei de muitas coisas ainda mas, não gostaria que meu DONO me “emprestasse” por um fim de semana por exemplo. Me sentiria mal pois, há uma ligação muito forte entre D/s. Porém, por outro lado, não imagino o meu DONO me emprestando à quem quer que seja. Muito menos à um outro DOM. Ele é possessivo demais, por vezes a frase “Você é só MINHA” ou a famosa “Não quero e não vou te dividir com ninguém” já foi dita por ELE. Enfim, eu concordo com o DOM quando diz que esse é um meio de não criar vínculo ou um laço mais forte com a sub.Sou contra essas coisas, pois, a sub precisa ter ABSOLUTA CONFIANÇA no seu DOM, se o DOM ficar jogando-a de mão em mão como ela ou ele poderá sentir essa segurança,essa confiança?
    BJKS 1000 DOM
    Como sempre brilhante suas observações!

    • DOM Draconiano says:

      Obrigado amada, a participação é extremamente bem-vinda por aqui, e é justamente expondo o que pensamos, que nos permite ter mais conteúdo decente sobre nosso meio.

      É, os empréstimos no BDSM são um assunto complicado e extenso…

      Que bom que o conteúdo agrada!

      Saudações ao DOM KLAUDIOS.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>