Já abraçou seu demônio hoje?

ja-abracou-seu-demonio-hojeJá abraçou seu demônio hoje?

Sobre o despertar…

“Não há despertar de consciências sem dor. As pessoas farão de tudo, chegando aos limites do absurdo para evitar enfrentar a sua própria alma. Ninguém se torna iluminado por imaginar figuras de luz, mas sim por tornar consciente a escuridão”. Carl Jung

E esse mesmo cara falou isso, sobre o masoquismo:

“Masoquismo é uma arte em que o indivíduo se mantém em extremidade oposicionista. O masoquista vê-se a viver – aparenta viver – in extremis, no limiar do perigo, insanidade, morte. O prazer de um masoquista é extremamente doloroso e a sua dor, extremamente prazerosa. Frequentemente, sentimentos opostos como orgulho e humilhação estão presentes em simultâneo, ambos dolorosos, ambos prazerosos. No seio de tanta extremidade emocional, a necessidade e alimentação do compulso masoquista é claramente, em si, parte da tortura e do prazer. Existe orgulho nesta extremidade, em conseguir manter esta oposição impossível sem quebrar. É um extremo orgulho, um orgulho de extremidade, de ir ao extremo e sobreviver. É um orgulho de proporções prometeicas.”

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *